equipe alto desempenho

Como ter equipe de alta performance no trabalho

  Em um voo para Belo horizonte encontrei uma história muito interessante na revista de bordo da companhia aérea.  Se tratava de uma matéria sobre o empresário Junior Durski, criador da rede de restaurantes  Madero. O  impressionante da matéria, não era o faturamento de mais de 450 milhões, nem  a espantosa taxa de crescimento da rede, nem tampouco o seu plano de abrir mais 33 lojas naquele ano. O que chamava a atenção é a parte de falava sobre a performance do  empresário em sua atividade física diária. Segundo a matéria, Junior levanta antes das 6 horas da manhã para correr mais de 15 quilômetros todos os dias, de domingo a domingo. Ele se enquadra em um grupo de Profissionais que fazem de seus dias, um exemplo de alto desempenho em tudo o que fazem.

  Levantar muito cedo e correr é algo que pode dar uma injeção de ânimo, saúde, auto estima, oportunidades, auto confiança e porque não, uma legião de fãs. Atletas, músicos, empresários ou até empregados de empresas podem ser profissionais de  alta performance.  Não precisa ser uma pessoa bem sucedida ou famosa  para depois adquirir o hábito de buscar a alta performance.  Pode-se cria-lo agora mesmo. Levantar e ir correr, criar objetivos, fazer uma agenda com mais 10 coisas que se pode fazer a partir de hoje. Sempre se consegue fazer mais do que acostuma-se fazer. E quanto mais se faz, mais disposição e melhores resultados serão atingidos. Um circulo virtuoso vai se retroalimentando.




Quando a alta performance parecer difícil, escale em partes

equipe de alta performance 4

Um milionário americano, conhecido nos sites de finanças, possui uma teoria de que se deve buscar multiplicar tudo por 100. Ou tudo o que você faz hoje, fazer 100 vezes a mais. Muitas teorias são criadas para justificar altas performances em alguma área e muitas delas são criadas para vender produtos financeiros.

Você deve escolher o que achar melhor, mas a teoria de quebrar a meta em partes, pode ser muito útil para metas difíceis.  Experimente o escalonamento de metas, ou seja, divida uma grande meta  em partes. Esta meta de multiplicar as coisas por 100, divida por 10 e crie uma meta de fazer 10 coisas a mais do que está costumado a fazer. Depois de atingido, crie outra meta de fazer mais 10 coisas. Quando você menos perceber, será um profissional de alta performance que faz 100 coisas a mais do que fazia antes. Quebrar metas muito difíceis, é torna-las mais aceitáveis pela mente.

A alta performance como hábito para sua equipeequipe de alta performance

Alta performance pode virar um hábito. Aquela preguiça e vontade de ficar deitado no sofá assistindo televisão em vez de levantar e ir correr no parque, não é privilégio só de algumas pessoas.  São tentadoras para qualquer pessoa. A diferença é o hábito. A programação mental para a alta performance que se deseja ter. Uma corrida de apenas alguns poucos quilômetros no primeiro dia vai alimentar o habito e a motivação para o próximo dia fazer mais alguns quilômetros, e quando se der conta, estará correndo 10 quilômetros. Como na atividade física, também é no trabalho, no lazer e em qualquer desafio. Cada desafio atingido alimenta a energia e vontade de fazer mais.

Como ter equipe de alta performance

Para ter uma equipe de alta performance, primeiro você tem que ter alta performance. De nada adianta cobrar algo de uma equipe de trabalho se o líder não demonstrar como faz.

Dicas de como criar uma equipe de alto performance

  • Defina objetivos e metas desafiadoras– As metas devem ser desafiadoras, mas não impossíveis. Se forem muito difíceis escalone (quebre em partes). Todos devem conhecer quais são os objetivos, e quais as metas para se chegar a ele. Metas muito fáceis desmotivam e desvalorizam os integrantes de uma equipe.
  • Crie uma mentalidade de otimismo dentro da sua equipe – Dificil conhecer alguém que goste de trabalhar com pessoas pessimistas e murmuradoras . Não deve ser nada agradável levantar pela manhã e lembrar daquele colega de trabalho ou chefe que vive reclamando de tudo na vida, e pensar que vai passar o dia ao lado dele. A mentalidade otimista é contagiante, ao sorrir você recebe outro sorriso e ao falar algo agradável, verá fisionomias agradáveis.
  • Contribuição –  Não incentive o individualismo. A soma das partes é que compõem o todo. Ao estimular a contribuição, você estará acelerando o resultado.
  • Crie o hábito da motivação – Se alguém não tem motivos para agir, mostre alguns motivos para ele. Algumas pessoas andam desmotivadas muitas vezes porque não percebem importância no que estão fazendo, ou não acham sentido no seu trabalho.  Um palestrante motivacional sempre causa uma injeção de ânimo na sua plateia, mas isso pode durar poucos dias, se o hábito de motivar estiver dentro da equipe, então ela pode durar muito mais.
  • Confiança – um dos pontos mais importantes para ter uma equipe de alto desempenho é confiar nela. Nada desmotiva mais do que perceber que o líder não confia em você. Confiar que cada um pode fazer mais e melhor sempre.
  • Delegue responsabilidades e não envelopes para o correio – ao delegar tarefas, não escolha as mais fáceis como fazer copias ou levar um envelope até o correio. Delegue responsabilidade.
  • Reconheça sempre – Quem não gosta de ser reconhecido, de se sentir útil, de se sentir importante? Reconheça os esforços, elogie cada meta atingida, muitas vezes um reconhecimento por um trabalho bem feito, vale mais do que dinheiro.
  • Comemore qualquer conquista – Quando começar a comemorar pequenas e grandes conquistas, isso vira um hábito e as pessoas vão sempre buscar mais dessas coisas, atraindo ainda mais comemorações.
  • Feedback – Ofereça Feedback e esteja aberto a receber feedback. As pessoas gostam de saber como estão indo no trabalho e querem ter oportunidades de melhorar as coisas dentro da equipe.
Motive-se e você estará  motivando  sua equipe de trabalho

 

equipe de alta performance 7Estudiosos em psicologia dizem que não podemos motivar ninguém e que a motivação vem de dentro de cada um. Dizem que o que pode ser feito é incentivar ou estimular, uma vez que a motivação é intrínseca à pessoa. Peço licença os estudiosos para discorrer sobre esse tema. O Próprio Freud explica: não sabemos por que sentimos o que sentimos; não sabemos por que fazemos o que fazemos. (KAHN, 2007, p. 36).

Se você tem um equipe e diante dela vive murmurando, você desmotiva a equipe. Então o contrário também é verdadeira. Se você viver com um espírito de felicidade, alegria, entusiasmo  e otimismo, estará estimulando a sua equipe a agir da mesma forma. Os sentimentos tem origem nas palavra, crenças, fisiologia, dentre outras fontes subjetivas. Se você pular para cima e gritar com entusiasmo, seu sentimento vai mudar para alegria e despertará isso nas pessoas próximas. Se as pessoas da sua equipe não têm motivos para agir, ofereça-lhes alguns. Um exemplo é oferecer um ambiente agradável para trabalhar. Isso já é um motivo para trabalhar com entusiamo e motivação. Tenha uma alta performance, e eles seguirão você.

Este post representa a opinião do autor.

 

TAGS: #Alta performance,# auto desempenho, #equipes de alto desempenho, #PNL, #otimismo, #motivação, #Como ter equipe de alta performance, #dicas para ter equipe de alta performance.

Imagens: Pixabay

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: