Dores causadas pela falta de dinheiro – Troque a escassez pela prosperidade

A falta de dinheiro provoca dores terríveis. Uma das piores é a dor do “não poder”. Não poder fazer programas com a família, não poder proporcionar o melhor para quem você ama, não poder preparar um futuro melhor para os filhos, enfim, cada um sabe a dor que sente quando não pode fazer alguma coisa por falta de dinheiro.

Nos dias atuais, percebemos muitas pessoas que sentem uma dor terrível por não ter coragem para largar o que está fazendo e viver com mais liberdade. A falta de dinheiro tira a independência e quando surgem a dívidas, é capaz de acabar com a felicidade de muitas famílias.

Prosperidade ou escassez começa na mente



 

O mundo é abundante para alguns e escasso para outros. Todos vivem no mesmo universo, mas atingem resultados financeiros diferentes. A prosperidade e a escassez começa na mente de cada indivíduo.
Reprogramar a mentalidade é o caminho para atingir resultados diferentes. Quando mudamos nossa mentalidade financeira, a consciência se expande, abre-se portas que antes estavam fechadas para o cérebro e através da neuroplasticidade, atinge-se outros patamares.

Você tem um pacote de informações criando seu resultado atual

Todos os indivíduos da terra possuem um pacote de informação dirigindo suas vidas. Mudando as informações, o universo mudará sua realidade. Tome consciência das dores que a falta de dinheiro está te causando. A conscientização é o início de qualquer mudança. Perceba o estado atual, para depois definir seu estado desejado.
Um exemplo de informação que pode estar em seu pacote mental de dados pode ser: “Não consigo guardar dinheiro”. Essa informação vai guiando seu subconsciente e seu foco. O que você foca se expande.

Você pode atrair melhores coisas para sua vida. A força está em você.

Dores que a falta de dinheiro causa

  • Ver a família contemplar as fotos das viagens dos amigos e não poder viajar;
  • Não poder sonhar com uma aposentadoria feliz e abundante;
  • Ter que devolver o carro ou a casa para o banco;
  • Ver o filho olhar para o melhor dos outros e não poder dar o melhor para ele;
  • Não poder fazer planos para o casamento;
  • Escolher sempre o mais barato em tudo o que faz;
  • Ter que fechar as portas de seu negócio;
  • Demitir pessoas por não ter mais poder para mantê-las na empresa;
  • Perder a família por causa das dívidas;
  • Perder a autoestima por causa da falta de dinheiro;
  • Sentir-se impotente diante do dinheiro;
  • Brigar com a família por causa da falta de dinheiro;
  • Não poder pagar o melhor médico, o melhor hospital, o melhor tratamento;
  • não poder pagar a conta que você deve;
  • Sofrer de depressão por falta de dinheiro;

Dores que a falta de dinheiro causa II

  • Ver o resultado do seu trabalho sendo consumido pelas dívidas;
  • Ver o sucesso financeiro dos outros e você só ficar olhando;
  • Não poder fazer planos para o futuro;
  • Desistir da viagem com a família;
  • Ter problemas no casamento por causa da falta de dinheiro;
  • Perder um amigo por falta de dinheiro;
  • Ter sua análise de crédito reprovada;
  • Levar a família ao restaurante e escolher o prato mais barato;
  • Sentir-se inferiorizado por pedir o preço de algo e não ter dinheiro suficiente;
  • Ver a mesa ao lado o melhor prato, enquanto procura o mais em conta no cardápio;
  • Ver os pais na necessidade e não poder dar-lhes o melhor;
  • Não poder visitar seus pais por não ter dinheiro;
  •  Ver a casa, o carro, as viagens e festas de seu irmão, cunhado ou amigos e não poder ter o mesmo;
  • Ver aquele carro veloz e confortável ultrapassar seu carro velho na estrada e não poder ter igual para proteger e dar conforto a sua família;
  • Ter que devolver uma compra porque acabou o limite do cartão;
  • Não poder levar quem você ama para jantar fora;
  • Ter que pedir dinheiro emprestado, sabendo que ninguém gosta de emprestar dinheiro;
  • Ter que pedir um aval, sabendo que ninguém gosta de ser avalista.

Você é o responsável pelas suas finanças

Tome uma atitude agora! Ou continuará a sentir dores por não poder fazer muitas coisas.
A educação financeira e a sua mentalidade cria sua situação financeira. Não é o destino, o governo, o patrão ou qualquer outra coisa a não ser você. É você o responsável pelas suas finanças e pela mudança de vida. Seja o responsável pela mudança em sua mente. O mundo tem interações poderosas com ela.

Deixe um comentário. Escreva qual é a sua maior dor em relação à falta de dinheiro.

TAGS: Mentalidade financeira, educação financeira, neuro-programação, mente e finanças

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: