Mecanismos de defesa – Mecanismos de defesa do ego

Quando um indivíduo não consegue lidar com uma situação e a considera ameaçadora, ele recorre a mecanismos de defesa.

  • Negação – recusa em admitir ou reconhecer que algo está acontecendo ou aconteceu
  • Deslocamento – transferir os sentimentos e frustações para algo ou alguém que menos ameaçador.
  • Intelectualização – pensar em algo de uma perspectiva fria e objetiva de modo que evite colocar o foco na parte estressante e emocional da situação.
  • Projeção – pegar os próprios sentimentos desconfortáveis e atribui-los a outra pessoa de maneira que pareça que é ela quem esta se sentindo assim, em seu lugar.
  • Racionalização – ao evitar o motivo real para um sentimento ou comportamento uma pessoa cria justificativas possíveis, porem falsas.
  • Formação reativa – comportar-se de maneira oposta para esconder seus verdadeiros sentimentos.
  • Regressão – regredir para um comportamento infantil.
  • Repressão – passar os pensamentos que nos deixam descontava para o nosso subconsciente.
  • Sublimação – converter comportamentos inaceitáveis para uma forma mais aceitável.

 

Referencia bibliográfica:

Anna Freud – livro “tudo o que você precisa saber sobre psicologia”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: