Qual é sua motivação? Modelo T.O.T.S

 O que te faz levantar da cama pela manhã? Qual sua motivação para ir ao trabalho, andar, correr, fazer suas atividades o dia todo? Sentir felicidade por alcançar incentivos, elogios, recompensas é o paradigma que te prende?

Quem se motiva por incentivos sua energia acaba logo, mas quem anda por seus próprios objetivos possui uma energia contínua e indestrutível.

A motivação é um processo interno que nos faz andar, nos empurra em direção a algo. Quando não sabemos aonde queremos chegar, o que fazemos ou deixamos de fazer, nos causa frustração.

Métodos de motivação e aprendizagem




Nossa cultura privilegia a motivação por estímulos, em vez de ser por objetivos. na antiguidade já se estudava as maneiras como o homem era motivado. Aristóteles o filosofo grego apresentou sua teoria de que a motivação vinha em função do “apetite” por atingir um certo resultado.

Depois de Aristóteles veio a teoria do “princípio do Prazer” de Sigmund Freud. Dizia que o ser humano é motivado pelo sentimento de buscar o prazer e evitar a dor.

Em seguida veio a modelo de motivação chamado de “arco reflexo” (estimulo-resposta- reforço) o qual sugere que o homem é motivado através de estímulos. O homem é  motivado pela expectativa de uma recompensa externa.

A PNL, traz o modelo T.O.T.S que sugere que o ser humano pode motivar-se por objetivos. Esse modelo foi criado por George A. Miller, Eugene Galanter e Karl H. Pribram em seu livro de 1960.

Motivação por objetivos – modelo T.O.T.S

Quando tomamos consciência que podemos quebrar o paradigma que nos prende a incentivos e a necessidade deles para nos motivar, podemos evoluir para um padrão de motivação mais avançado.

Motivação por objetivos gera comportamentos mais eficientes e modernos. O modelo TOTS da PNL significa testa-opera-testa-sai.

Modelo TOTS :

  • Ter objetivos claros;
  • Gerar ações para sua realização;
  • Teste para ver se atingiu o objetivo
  • Sair da operação se concluído
  • Partir para outro objetivo.
  • Caso não atingido muda-se de estratégia para atingir o objetivo.

“Definição de insanidade: fazer a mesma coisa diversas vezes esperando resultados diferentes” Albert Einstein

Escolha como quer ser motivado

Andar sem ter objetivos definidos corre-se o risco de andar pelos objetivos dos outros. Motivar-se por estímulos pode ser bom, mas é  uma energia que acaba logo. Motivar-se a andar por seus objetivos é uma energia eterna. Veja os grandes sábios, os grandes empreendedores, os grandes artistas, todos vivem por objetivos e trabalham felizes até o fim da vida. Quem trabalha esperando incentivos, não vê a hora de chegar  a hora de ir embora do trabalho e da aposentadoria. Não percebem que estão perdendo o tempo e a vida está passando. Ótimo mesmo é caminhar e viver pelos Próprios objetivos.

Quais são os seus motivos para levantar da cama pela manhã?

Você prefere levar a vida como o pagode do Zeca “ Deixa a vida me levar, vida leva eu!” ou prefere assumir o controle do seu tempo? Se escolheu a primeira opção continue na letra do pagode “ Sou feliz e agradeço por tudo que Deus me deu”. Se escolher a segunda opção comece a criar a sua própria composição:

“Escrevo meus objetivos”

“Tenho estratégia para atingi-los”

“conheço os recursos necessários”

“gradeço a Deus pela liberdade de poder criar”

E Levanto pela manhã feliz e motivado para alcançar meus objetivos.

 

TAGS: Qual é sua motivação? PNL, Programação neurolinguística, otimismo

Deixe uma resposta