Roda da abundância – mente abundante

A roda da abundância é uma poderosa ferramenta utilizada em Coaching e programação mental para abundância. Ela é dividida em quatro quadrantes em um círculo contínuo. Esses quadrantes representam quatro verbos: declarar, solicitar, arriscar e agradecer.

Mas, antes de conhecer a roda da abundância, temos que conhecer a base de sustentação da abundância, para depois utilizar a ferramenta de forma eficiente. A abundância segue um princípio básico de “dar e receber”.

Dar e receber – princípio básico da abundância

Vivemos em um universo potencialmente abundante.  Dentro da física quântica, em estudos de Mecânica Quântica, uma experiência chamada de dupla fenda, provou que o universo é composto por infinitas possibilidades. Segunda a experiência científica, é o observador e suas crenças (individuo) que cria o universo físico.

A riqueza gira nesse universo em um círculo de trocas dinâmicas. Quando você dá alguma coisa, como seu tempo, seu dinheiro, seu conhecimento, você recebe algo em troca.

Na roda da abundância, os dois quadrantes da direita (declarar e solicitar) estão no fluxo de receber. Os quadrantes da esquerda (arriscar e agradecer) estão no fluxo do dar.

Os 4 tipos de pessoas

Considerando esse princípio da abundância, encontramos quatro tipos de pessoas.

  1. Soberbas – Sabem dar, mas tem dificuldades em receber.
  2. Egoístas– pessoas que tem facilidade em receber, mas não sabem doar.
  3. Estéreis – Pessoas que tem dificuldade em dar e também em receber.
  4. Prósperas (abundantes)– Pessoas que sabem dar e sabem receber. Desejam a prosperidade para eles e para os outros. Eles possuem uma relação com o universo onde todos ganham. Acreditam que para um ganhar, não precisa que outro perca. Que se um desfrutar, não vai faltar para outro. Que nunca vai faltar, porque o universo abundante e sempre vai oferecer (dar) novas formas de prosperar.

Identificando qual o seu tipo

Identificando em qual dos tipos você mais se identifica, você pode corrigir para atingir mais prosperidade.

O subconsciente generaliza as informações conforme seus filtros mentais.  Um padrão de não querer receber nada de ninguém vai ser levado ao pé da letra pelo subconsciente para você não receber nada.

E quando ao dar?  Você acha que vai fazer falta? Se essa é sua crença, é assim que o seu mundo vai se comportar. É o observador que cria a realidade e se o observador acha que vai fazer falta, que o universo é escasso, é assim que vai ser para esse observador.

As quatro partes ou atitudes da roda da abundância

  • Declarar
  • Solicitar
  • Agir
  • Agradecer

Significado dos quadrantes da roda da abundância

a roda da abundância 2Declarar – Você desempenha vários papeis na vida. O papel de pai, de marido, de trabalhador, de empreendedor. É você que tem o poder de declarar a sua missão, a sua essência, o seu verdadeiro “Eu”. Declarar o que você é e que é capaz.  Assumir o que você é no seu interior. É você que tem o poder das palavras que vão definir você mesmo.  Eu sou, eu quero, eu posso. Declarações estão ligados a sua identidade. Se você declarar ou pensar que não tem direito, que não é bom o bastante, é assim que seu mundo reagirá.

Solicitar -Não importa qual é a sua crença a respeito de quem cria a realidade. Se o universo é auto-consciente, se é Deus que cria, se é você,  se é sua consciência ou seu subconsciente. Mas se quer algo, tem que pedir, mesmo que seja na mente. Quando você pede, você provoca uma sincronicidade de acontecimentos a favor de seus pedidos.

“E tudo o que pedirdes em oração, se crerdes, recebereis”. (Mt.21:22)




a roda da abundânciaArriscar – é o agir no sentido do que você quer. Por isso, o solicitar está relacionado ao sua identidade, porque se seu pedido não estiver de acordo com sua identidade, você não terá a motivação necessária para agir e se arriscar. Muitas pessoas pedem muitas coisas, mas não arriscam, não acreditam (crenças) nos seus sonhos. Isso se deve ao fato de que não estão alinhados com sua própria identidade. Saber o que se quer realmente é o que vale a pena arriscar na vida.

Agradecer – a gratidão pelo que já tem, pelo caminho que está andando para chegar mais longe. A gratidão possui uma energia além da identidade do individuo (transcende o ser). Ela tem um poder de atração para trazer mais daquilo que se é grato.

Utilizando a escala de 1 a 10 na roda da abundância

a roda da abundância 3Você pode utilizar a escala de 1 a 10 da roda da abundância para marcar (pintar) em qual  nota você está em cada quadrante. fazendo esse exercício, você tornará de forma visual em qual deles você está bem e qual deles precisa melhorar.  Depois de feita a marcação, guarde para acompanhar o seu avanço e o avanço da abundância  em sua vida.

TAGS: A roda da abundância, PNL, Programação neurolinguística, Coaching, mente abundante.

Deixe uma resposta